Domingo, 3 de Julho de 2011

À beira-mar

À BEIRA-MAR

 

Estando meus sonhos

sentados  à beira-mar,

levantaram-se e cavalgaram ondas mansas,

que os embalaram como recém-nascidos!

Eram como um berço de embalar

e adormecer crianças!

 

De onda em onda,

num vai e vem,

meus olhos dançavam

e não se cansavam de tanta beleza!

 

O mar é sócio maioritário

de toda a Natureza!

 

O Homem vive em terra,

mas, se vivesse no mar, ia e vinha

ou deixava-se estar,

nem que fosse à beira-mar,

a sonhar que éum mar!

......................xxxxxxxxxxxxx................................

Autor: Silvino Taviera Machado Figueiredo

(Figas de Saint Pierre de Lá-Buraque)

Gondomar

 

 

 

 

 

publicado por figas às 20:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. Devolvo a palavra

. Caídos no Chão

. Costa:

. Enciclopeidei-o

. Carta para Maria

. Antes que tarde

. Redução do défice

. Copos e mulheres

. PROCESSO DOS VISTOS

. Quando fores pai.

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Agosto 2019

. Agosto 2018

. Março 2017

. Maio 2015

. Abril 2015

. Novembro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds