Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011

Neste tempo a nós chegado

 

Neste tempo a nós chegado.

 

Eis um tempo, a nós chegado,

Que é deveras inspirador

Para criar letra dum fado

De saudades e de muita dor.

 

Saudades do muito que se foi,

Tristeza do pouco que se é,

Na alma o muito que nos dói

Para  nos mantermos de pé.

 

Neste tempo de capitalismo

O Homem não é seu Capital,

É  apenas um maquinismo

Que o mantem só animal!

 

Neste tempo, a nós chegado,

O tempo não se admira

De nos ver cantar triste fado

Em vez de dançar um vira!

 

Neste tempo, a nós chegado,

Chegou o tempo de tudo ter,

Só em tudo ter  preocupado,

Sem tempo de ser e viver!

 

Passou o tempo de dançar o vira;

Tempo em que muito se dançou!

Enquanto se dançava o vira

O mundo e a vida mudou!

 

Agora,

Neste tempo a nós  chegado,

Só se ouve o triste fado

Da maioria sem cheta,

À espera de tempo chegado

Para matar o autor da letra.

...........xxxxxxxxxx....................

Autor: Silvino Taveira Machado Figueiredo

(figas de saint pierre de lá-buraque)

Gondomar

publicado por figas às 13:46
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2011

Não quero impressionar

Não quero impressionar.

 

Não quero impressionar,

Apenas desejo lassidão

Na contemplação do Ser;

Do Ser,

Que nasceu para o ser no nosso viver!

Quem disse que se nasce para ter?

 

Aonde queremos chegar

Sem estrelas ver,

Sem observar botões a desabrochar,

Sem sentir serenas brisas na face,

Sem contemplar a beleza do mar

Ou beleza que por nós passe?!

 

Não,

Não quero impressionar,

Apenas desejo lassidão

Na contemplação do luar

E sentir que,

Mesmo parados,

Mudamos de lugar!

Pode ser hoje

Ou tendes muito que fazer?

 

Se andais sempre a viver a correr

Que tempo sobra para o Ser?

 

Não,

Não quero impressionar,

Mas, ainda hoje

Reparei numa magnólia branca a desabrochar!

 

Vou estar atento,

Isso ajuda-me a desabrochar por dentro!

................xxxxxxxxxxxxxx.............................

Autor: Silvino Taveira Machado Figueiredo

Gondomar, 15/01/2011

publicado por figas às 11:40
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2018

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


.posts recentes

. Carta para Maria

. Antes que tarde

. Redução do défice

. Copos e mulheres

. PROCESSO DOS VISTOS

. Quando fores pai.

. Foto de "Poesia de Dentro...

. LEVA-ME

. POEMA DO NADA

. A NAU "ESPERANÇA" VOLTARÁ...

.arquivos

. Agosto 2018

. Março 2017

. Maio 2015

. Abril 2015

. Novembro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds