Terça-feira, 3 de Agosto de 2010

O regresso da água

Regresso da água

 

Quando de mim te afastaste

todas as lágrimas dos meus olhos levaste!

porém,

quando vi,

de novo,

teus passos que a mim voltavam,

meus olhos estavam secos,

já sem água, que, antes,

de alegria teu jardim de amor regavam!

 

Ao ver-te  de mim aproximares-te,

meus olhos secos

olhavam, ansiosamente, para o chão,

para ver se dele, por ti pisado,

brotasse nova fonte

de água, em cachão,

e que fosse água pura

que subisse até aos nossos olhos,

para que no nosso reencontro,

nossos olhos ficassem molhados,

encharcados,

num abraço de amor,

de ternura,

até ao coração!

.........................xxxxxxxxxxxxxxxx.......................

Autor: Silvino Taveira Machado Figueiredo

(figas de saint pierre de lá-buraque)

Gondomar

publicado por figas às 17:50
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. Devolvo a palavra

. Caídos no Chão

. Costa:

. Enciclopeidei-o

. Carta para Maria

. Antes que tarde

. Redução do défice

. Copos e mulheres

. PROCESSO DOS VISTOS

. Quando fores pai.

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Agosto 2019

. Agosto 2018

. Março 2017

. Maio 2015

. Abril 2015

. Novembro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds