Sábado, 20 de Novembro de 2010

A busca

A busca

 

Muitas vezes me perco,

Muito tempo me procuro,

E nunca sei o sítio certo:

Se no claro ou no escuro!

 

Tempo de procura que gasto

É sempre um tempo perdido,

Pois nunca encontro o rasto

Do eu, de mim desaparecido!

 

E à noite, quando me deito,

Eu durmo,  tranquilamente!

Com meu eu fora do leito!

 

Quando surge um novo raiar,

A  nova claridade me encanta

Para continuar a me procuar!

 

Há gente que já sabe quem é

Eu  ainda não sei o que sou

Continuo a me procurar, a pé,

Passo a passo longe eu vou!

No final, quando me encontrar,

Será um outro a me procurar!

................xxxxxxxxxxx..................

Autor: Silvino  T. M.Figueiredo

(figas de saint pierre de lá-buraque)

Gondomar

publicado por figas às 10:53
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Fevereiro 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29


.posts recentes

. Devolvo a palavra

. Caídos no Chão

. Costa:

. Enciclopeidei-o

. Carta para Maria

. Antes que tarde

. Redução do défice

. Copos e mulheres

. PROCESSO DOS VISTOS

. Quando fores pai.

.arquivos

. Fevereiro 2020

. Agosto 2019

. Agosto 2018

. Março 2017

. Maio 2015

. Abril 2015

. Novembro 2014

. Dezembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Junho 2009

. Março 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds